• Secretário apresenta planos para a educação em 2005

    Publicado em: 11/03/2005 16:13
    Interligar as onze unidades descentralizadas das superintendências e informatizar a sede da Secretaria Estadual de Educação ainda este ano. Estas foram duas das metas apresentadas pelo vice-governador e secretário da Educação Lelo Coimbra durante a audiência pública da Comissão de Educação e Cultura realizada nesta quinta-feira (10), no plenário da Assembléia. A Audiência foi solicitada pelo próprio secretário ao presidente da Casa, César Colnago, que encaminhou o pedido ao presidente da Comissão de Educação, deputado Gilson Gomes. Durante quase cinco horas, Lelo expôs todos os planos da secretaria a uma platéia composta de professores, diretores de escolas, representantes sindicais, intelectuais e estudantes. Segundo o secretário, os maiores desafios da Sedu estão relacionados à conclusão do processo de municipalização. O Governo pretende concluir no mês de abril a assinatura dos termos de adesão com os municípios que já definiram quais escolas de ensino fundamental pretendem assumir. O Estado possui hoje 1246 escolas. Dessas, apenas 202 se dedicam ao Ensino Médio, fixado como obrigação do Estado. As demais são do ensino fundamental que a Constituição define como responsabilidade dos municípios. Até junho, garante o secretário, todo o processo de municipalização de um número estimado de 800 escolas deverá estar concluído. “Essa é a nossa meta. Tenho conversado com os prefeitos de todas as regiões e mostrado a eles a importância do processo como foi concebido. As experiências do passado, que deixaram uma memória negativa sobre o tema, foram superadas com a proposta que elaboramos e estamos discutindo com os municípios. A questão da localização dos professores, da estrutura física das unidades de ensino e dos recursos para que o município possa assumir a responsabilidade sobre o ensino fundamental já foram superadas”, explicou Lelo Coimbra. Informatização O secretário lembrou que a Sedu investiu R$ 26 milhões em computadores, impressoras e outros equipamentos visando a sua informatização. Com os equipamentos a secretaria dotou, durante o mês de março, as primeiras 29 escolas com laboratórios de informática, cada um com 21 computadores, que serão utilizados no processo de ensino-aprendizagem. Além disso, as escolas tiveram que passar por melhorias em sua infra-estrutura física para receber os laboratórios. Elas receberam ar condicionado, melhorias na rede elétrica, e mobiliários adequados. A meta da Sedu é colocar laboratórios em 194 escolas até o final do ano, além de 40 salas de professores. Todos os equipamentos serão ligados à Internet e receberão programas educativos.
    Compartilhar